Composé

Composé Lifestyle - Arquitetura e Inspiração

A Diferença Entre Torneira e Misturador

Os metais merecem uma atenção especial na hora de escolher a decoração da casa, não é mesmo? Eles são os detalhes que fazem a diferença, aqueles toques finais que têm o poder de dar um ar todo especial a qualquer criação. Porém, existe uma opção ideal para cada gosto, estilo e orçamento.

Afinal, qual a diferença entre torneira e misturador?

As torneiras são metais mais simples. Essencialmente, a única diferença entre uma torneira e um misturador é que a primeira oferece apenas água fria.

Caso vá comprar uma torneira para sua cozinha, opte por aquelas que contenham arejadores articulados, que facilitam o uso no dia a dia.

 

Um misturador nada mais é do que um modelo que oferece tanto água quente, quanto fria. Como ele conta com dois registros independentes entre si, é possível acionar as duas temperaturas ao mesmo tempo, de forma que você possa ajustar até chegar na combinação ideal.

É importante lembrar que para contar com um misturador é preciso instalar algum sistema de aquecimento da água. Seja elétrico, à gás ou por energia solar, é essencial que exista essa tecnologia disponível.

Como escolher o ideal para mim?

Agora que você já sabe a diferença entre torneira e misturador, é hora de saber qual dos dois é melhor para você. A resposta pode parecer banal: depende. Tudo depende dos seus objetivos, estilo de vida e orçamento, mas também é preciso garantir que existe uma instalação hidráulica adequada, com ponto de água quente — ou não — no local, bem como sistema de aquecimento.

Os modelos de torneira costumam ser mais acessíveis do que os misturadores. No entanto, vale refletir sobre qual é o seu objetivo. Um lavabo pouco usado, por exemplo, não demanda um misturador, pois a água quente dificilmente será utilizada naquele cômodo. Já na cozinha o modelo pode ser bastante interessante, já que água quente ajuda bastante na hora de lavar a louça.

Fonte: Deca