Arquitetura de luxo: como desenvolver projetos para clientes exigentes

Por Compose / 09.05.2019
Arquitetura de luxo: como desenvolver projetos para clientes exigentes

O arquiteto que pretende se destacar no mercado deve estar preparado para atender qualquer tipo de cliente. A arquitetura de luxo é um nicho que, mesmo durante as crises financeiras, continua contratando os profissionais para desenvolver seus projetos. Portanto, é um ramo que vale a pena conhecer para captar esse serviço.

O arquiteto que pretende se destacar no mercado deve estar preparado para atender qualquer tipo de cliente. A arquitetura de luxo é um nicho que, mesmo durante as crises financeiras, continua contratando os profissionais para desenvolver seus projetos. Portanto, é um ramo que vale a pena conhecer para captar esse serviço.

Pensando nisso, criamos este artigo com dicas para lhe ajudar a desenvolver projetos arquitetônicos de luxo, assim você conseguirá ficar na frente da concorrência. Acompanhe!

 

O que é arquitetura de luxo?

Na verdade, não existe uma definição precisa do que é a arquitetura de luxo. Entretanto, ela não deve ser entendida simplesmente como sinônimo de ostentação ou extravagância, como é o significado da palavra em si.

Atualmente, podemos compreendê-la como um conceito ou uma tendência que se preocupa em atender às necessidades individuais do cliente, como conforto e bem-estar, sem deixar de lado o bom gosto, o equilíbrio dos detalhes e qualidades dos materiais e acabamentos.

 

Quais são os estilos dessa arquitetura?

Para trabalhar com projetos de alto padrão o profissional precisa conhecer os estilos de arquitetura desse mercado. Confira alguns:

 

Clássico

Esse estilo nos remete aos povos gregos, romanos e, mais tarde, aos palácios europeus. Mesmo sendo uma época bem distante da nossa, você poderá reproduzir em suas obras as características mais marcantes desse período. As principais peculiaridades desse estilo são:

 

  • grandes colunas que vão do piso ao teto;
  • janelas com curvas na extremidade superior;
  • cômodos grandes;
  • cores sóbrias em tom pastel;
  • abundância na decoração.

 

 

Moderno

A arquitetura moderna sofreu influências do Modernismo, procurando inovar as ideias do período Clássico. Ela valoriza as formas mais simples e geométricas. No Brasil, um grande ícone desse estilo é o arquiteto Oscar Niemeyer. Os pontos fortes deste estilo são:

 

  • concreto armado;
  • presença do pilotis;
  • cores sóbrias;
  • móveis com função de obra de arte.

 

 

Contemporâneo

Essa é a arquitetura que representa o nosso momento atual e teve início em meados das décadas de 1980 e 1990. É menos rígida que os ideais da arquitetura moderna e não se deve confundir as duas. Este estilo preza:

 

  • diversidade;
  • pluralidade;
  • funcionalidade;
  • conforto.

 

 

Minimalista

A arquitetura minimalista é paralela ao estilo contemporâneo das últimas décadas. Além disso, vem se tornando uma grande tendência de elegância e requinte. As suas principais características são:

 

  • traços simples;
  • tons sóbrios;
  • objetos funcionais e cleans;
  • pouca mobília;
  • uso de tecnologia.

 

 

Como desenvolver projetos arquitetônicos de luxo?

Para desenvolver um projeto de luxo com boa qualidade, recomendamos as seguintes dicas:

 

Tenha atenção aos detalhes

O que vai demonstrar que o seu projeto é uma arquitetura de luxo é o cuidado nos detalhes, pois são eles que vão ajudar a definir esse padrão. Os detalhes trazem consigo o requinte e os diferenciais, demonstrando todas as singularidades que buscou transmitir no projeto. Portanto, fique atento às dimensões e cores dos principais acabamentos: porcelanato, pedra, madeira, mármore e granito.

 

Conheça os acabamentos

Após definir os materiais que serão aplicados na obra, você deve ficar atento e conhecer os acabamentos para dar o tom de luxo no projeto. Escolha os fornecedores que desenvolvem produtos para imóveis de alto padrão e acompanhe as suas tendências.

 

Interprete a necessidade do cliente

Você deve estar atento ao estilo de vida do cliente e ouvir a sua necessidade. A arquitetura de luxo respeita a individualidade de quem vai habitar o imóvel. Portanto, você deve ouvir, interpretar e adequar o seu trabalho ao modo de vida do cliente.

Sendo assim, é importante lembrar que a arquitetura de luxo não tem uma regra única a ser seguida. Para que você desenvolva projetos de alto padrão, a dica é conhecer os estilos, atender aos desejos do cliente e se preocupar com os detalhes e a qualidade dos materiais. Fazendo isso, esteja certo de que estará no caminho para permanecer nesse mercado.

Agora que já sabe os passos para desenvolver projetos de luxo, uma boa escolha é optar pelos porcelanatos de grandes formatos. Você contará com toda a elegância desse revestimento que é capaz de atender aos gostos dos clientes mais exigentes. Não deixe de conferir!

 

Fonte: Blog Biancogrês